Por:

'Contra a Dengue Todo dia' encerra desfiles na Sapucaí

Ambulância do Samu adesivada com a campanha encerrou as apresentações de cada escola | Foto: Divulgação/Governo do Estado

Por Redação

A campanha "Contra a Dengue Todo Dia", do Governo do Estado, encerrou a participação no Carnaval do grupo especial na Marquês de Sapucaí com nota dez em conscientização. Assim como nas noites de sexta e sábado da Série Ouro, e de domingo do Grupo Especial, equipes realizaram aplicação de repelente nos foliões. Uma faixa alusiva à ação também foi estendida antes do primeiro desfile. Além disso, uma ambulância do Samu adesivada com a identidade visual da campanha percorreu a avenida ao final da apresentação de cada escolae vídeos com orientações sobre a doença foram exibidos nos telões da Marquês de Sapucaí.

"Os dias de campanha realizados no carnaval da Sapucaí foram um sucesso. Neste momento, precisamos que a mensagem chegue ao maior número possível de pessoas. Os números de dengue continuam crescendo em nosso estado. Por isso, aproveitamos a concentração da atenção no sambódromo para convocar a população a se mobilizar e eliminar a água parada em cada cantinho, principalmente em casa,", destacou, a secretária de Estado de Saúde, Claudia Mello.

Com o tema "10 minutos que salvam vidas", a campanha da Secretaria de Estado de Saúde (SES-RJ) tem reforçado as orientações de combate aos focos do Aedes aegypti existentes nas residências, onde estão 80% dos criadouros das larvas do mosquito.

Números da dengue no estado

Até o dia 12 de fevereiro, foram registrados 39.311 casos prováveis de dengue em todo o estado. Três óbitos foram confirmados até o momento: um na cidade do Rio de Janeiro, um em Mangaratiba e um em Itatiaia. Em 2023, houve 51.494 casos prováveis e 30 óbitos confirmados.

Plano Estadual de Combate à Dengue

Em 26 de janeiro, o governador Cláudio Castro e a secretária de Saúde Claudia Mello lançaram o programa Gov.RJ contra a Dengue Todo Dia!, que envolve o uso de tecnologia, qualificação e apoio aos 92 municípios do estado. O investimento é de R$ 3,7 milhões.

O Governo do Rio comprou equipamentos e insumos que estão sendo distribuídos aos municípios com maior incidência de casos, para a montagem de até 80 salas de hidratação, que terão capacidade para atender, ao todo, até 8 mil pacientes por dia.

A Secretaria de Estado de Saúde está treinando 2 mil médicos de emergências e profissionais de saúde dos 92 municípios para garantir o diagnóstico mais preciso e o tratamento correto, como também a capacitação no atendimento às gestantes infectadas. Além disso, 160 leitos de nove hospitais de referência do estado poderão ser convertidos, inicialmente, para tratamento da dengue, como foi feito na Covid-19 .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.