Por:

Polícia Federal mira crimes ambientais em Petrópolis

Operação Rio Preto foi realizada na manhã desta terça-feira | Foto: Divulgação

A Polícia Federal cumpriu 22 mandados de busca e apreensão na manhã desta terça-feira (10) em Petrópolis e em São José do Vale do Rio Preto, em endereços ligados a uma organização investigada por extração irregular de bens minerais (areia) em área pertencente à União. Na Operação Rio Preto foram presas três pessoas, em flagrante, por porte irregular de arma de fogo. Os mandados foram expedidos pela 1º Vara Federal de Teresópolis.

Segundo a PF, além da extração de minerais e crimes ambientais relacionados, também é apurada pela investigação a prática de crime de corrupção por parte dos servidores públicos, como tráfico de drogas, caça de espécimes de fauna silvestre, posse e comércio ilegal de arma de fogo e lavagem de dinheiro.

Durante a investigação, foi identificado uma estrutura permanente montada para a prática de crimes, ligadas aos executores dos trabalhos, financiadores, olheiros e receptadores.

Além dos mandados, o juízo também determinou a indisponibilidade de sete caminhões identificados durante as investigações que eram usados para o transporte do material extraído ilicitamente. De acordo com a PF, os caminhões não foram localizados, embora conste a restrição judicial para alienação dos mesmos.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.